08.Classe operária-v3-cap.-09-m08

8. “Classe operária” (1985).

Autor: Tom Zé. Intérprete: idem. Gravadora independente. LP: “No jardim da política” (1998).

Sobe no palco o cantor engajado Tom Zé Que vai defender a classe operária Salvar a classe operária E cantar o que é bom para a classe operária Nenhum operário foi consultado Não há nenhum operário no palco Talvez nem mesmo na plateia Mas Tom Zé sabe o que é bom para os operários Os operários que se calem Que procurem seu lugar, com sua ignorância Porque Tom Zé e os seus amigos Estão falando no dia que virá E na felicidade dos operários

Se continuarem assim Todos os operários vão ser demitidos Talvez até presos Porque ficam atrapalhando Tom Zé e o seu público, que estão tratando Do paraíso da classe operária

Distante e bondoso, Deus cuida de suas ovelhas Mesmo que elas não entendam seus desígnios E assim, depois de determinar Qual é a política conveniente para a classe operária Tom Zé e o seu público se sentem reconfortados e felizes E com o sentimento de culpa aliviado