112.Melô dos Cão Didatos-v3-cap.-09-m112

112. “Melô dos Cão Didatos” (1994).

Autores: Marcelo Martins e Marcelle. Intérprete: Alípio Martins. Gravadora: Premier/RGE. LP: No país das maravilhas.

Nessa eleição, minha gente,

Tem mais candidato do que eleitor

Alguns querem ser presidente

Outros deputado e governador

Ninguém quer perder essa boca

Todos só pensam em ganhar

Eu vou chamar o primeiro

Vamos ouvir o que ele vai falar

- No meu governo, eu vou colocar a Rota na rua. Já fui governador, prefeito e agora vou ser presidente. Vou dar casa, comida, roupa lavada pro trabalhador.

- Vocês vão votar nele? Não!

Eu vou chamar o segundo

Pra nos falar de antemão

Se é candidato de fato

E se teve culpa naquele arrastão

- Eu não tive culpa, isso é uma campanha contra a minha pessoa. Eu quero é ser arrastado mas é pra presidente deste país!

- Vocês vão votar nele? Não!

Eu vou chamar o terceiro,

Que anda com a barba de molho

Na pesquisa ele é o primeiro

Mas é bom saber que os homens estão de olho

- Meus companheiros e minhas companheiras, nosso trabalho é um trabalho de base. Data vênia, eu estive no ABC e as pesquisas estão aí para não me deixar mentir sozinho. Desta vez, eu levo. Desta vez, ninguém me tira.

- Vocês vão votar nele? Não!

Agora vou chamar o quarto

Que é cabra macho dos bons

É governador de um estado

E mandou recado para os 7 anões

- Dá licença, dá licença, Toninho mandou avisar que não pode vir não, porque está tendo ensaio do bloco de axé music, mas ele mandou dizer que tá caçando tudo que é anão, vocês podem ficar sossegado. Té logo. Dá licença ...

- Vocês vão votar nele? Não!

Agora, vou chamar o quinto

Que foi presidente de um grande partido

Saiu porque foi pressionado

Está mais parado que olho de vidro

- Quem tem dinheiro não tem poder. Eles querem me tirar da jogada só porque eu vendi uns aviãozinho, isso é ingratidão, eu fiz muitas estradas pro povo lá em Campinas, perto das minhas rocinhas.

- Você vão votar nele? Não!

O sexto tá com a bola cheia

Para presidente ou senador

Só falta encher o canal

Pra matar a sede do trabalhador

- Sou porta-voz do governo e o governador não pode vir porque é tanta da água no estado que a cidade está submersa. E ele não embarca em canoa furada.

- Vocês vão votar nele? Não!

Será que eles voltam ou não voltam

Já pensou se essa dupla voltar

O de Alagoas para presidente

E para vice o do Amapá

- Minha gente, meu povo, não me deixem só. Disseram que eu era corrupto. Vou voltar para provar o contrário. Está aí o Bigode que não me deixa mentir.

- Vocês vão votar nele? Não!

- Brasileiros e brasileiras, meu bigode é todo feito de pelo social. E desta vez, eu não quero ser vice, eu quero ser é presidente.

- Cala a tua boca, Bigode. Tu é o ultimo a falar e é o primeiro a apanharEsse governo é meu. . Cuidado que eu luto karatê. Esse governo é meu.

- Não, senhor, esse governo é meu, nem que eu tenha de vender o meu Maranhão inteiro.