17.Lágrima do Sul-v3-cap.-09-m17

17. “Lágrima do Sul” (1985).

Autores: Milton Nascimento e Marco Antônio Guimarães. Intérprete: Milton Nascimento. Gravadora: Barclay/Ariola. LP: Encontros e despedidas.

- A próxima música que a gente vai tocar chama-se Lágrima do Sul, que a gente fez em homenagem a Winnie Mandela, contra todas essas atrocidades e barbaridades na África do Sul. E contra o racismo. Lá, em todos os lugares, inclusive aqui. Qualquer espécie de racismo.

Reviver

Tudo o que sofreu

Porto de desesperança e lágrima

Dor de solidão

Reza pra teus orixás

Guarda o toque do tambor

Pra saudar tua beleza

Na volta da razão

Pele negra, quente e meiga

Teu corpo e teu suor

Para a dança da alegria

E mil asas pra voar

Que haverão de vir um dia

E que chegue já, não demore não

Hora de humanidade, de acordar

Continente e mais

A canção segue a pedir por ti

África, berço de meus pais,

Ouço a voz de seu lamento

De multidão

Grade e escravidão

A vergonha dia a dia

E o vento do teu sul

É semente de outra história

Que já se repetiu

A aurora que esperamos

E o homem não sentiu

Que o fim dessa maldade

É o gás que gera o caos

É a marca da loucura

E África, em nome de Deus,

Cala a boca desse mundo

E caminha, até nunca mais

A canção segue a torcer por nós