35.A morte de João Pessoa-v1-cap02-m35

35. A morte de João Pessoa (1930), moda de viola. Autores e intérpretes: Zico Dias e Ferrinho • Gravadora: Victor


Pra cantar essa modinha,

Licença eu peço primeiro

Pra conta de certos causos

Que houve c’os brasilero

João Pessoa morreu

Mas deixou recordação

Os tenentes do Isidorio

Tombaram no nosso chão

Mas o povo revortado,

Ai, fizeram revolução,

Ai, li-la, aiai

O mundo inteiro abalou

No dia que ele morreu

Os lugar esfumaçou,

Nem o sol apareceu

Mas o Brasil se revortou,

Ai, por perder um filho seu,

Ai, li-la, aiai

Viva Juarez Távora,

Esse oficiá revortado

E viva esse grande Exército

Desse Brasir afamado afamado

Da morte de João Pessoa,

Ai, nós já estamos vingado,

Ai, li-la,aiai

Mas quem matou João Pessoa,

E cumpriu esse mandado

Mas o povo revoltado,

E mataram esquartejado

Pela notícia que foi

Ai, que os jorná têm me contado,

Ai, li-la, aiai

Viva Juarez Távora,

Que do Norte é o primeiro

E viva Isidorio Lopes,

Que é um grande brasileiro

O generár Miguer Costa

Ai, que é da terra dos violero

Ai, li-la, rai.