36.Adeus de um presidente-v2-anexo-08-m36

37. “Adeus de um presidente” (1985).

Autor: Catireiro. Intérpretes: Bate-Pé e Catireiro. Gravadora: Itaipu. LP: “Adeus de um presidente”.

A esperança do nosso Brasil amado

Estava nas mãos de um mineiro

Nos comícios lutando pelas Diretas

Conquistou os corações dos brasileiros

Foi ele quem plantou a Nova República

O seu nome destacou no mundo inteiro

Das montanhas de São João Del Rei

É que nasceu esse valente mineiro

Ele deixou do seu governo de Minas

Em pouco tempo foi eleito a presidente

Foi uma chama de esperança para o povo

Que acendeu nos corações de toda a gente

Tancredo Neves é seu nome verdadeiro

Pois aprendemos a gostar tão de repente

Uma doença misteriosa apareceu

E afastava Tancredo Neves da presidência

29 dias de angústia e sofrimento

Em pouco tempo sofreu sete operação

Numa esperança de fé e muito amor

De ponta a ponta uniu todas as religiões

O povo derramava suas lágrimas

Numa corrente fazendo orações

Dia 21 de abril de 85

Ele morria no Instituto do Coração

Descansa em paz, doutor Tancredo Neves

No subsolo da cidade em que nasceu

São João Del Rei está toda de luto

Estão chorando pelo filho que perdeu

O clarim do infinito está chamando

Bem juntinho de Deus ao Salvador

Tancredo Neves, serás sempre o presidente

Nos corações desse povo que te amou..