65.Zélia, uma canção-v3-cap.-09-m65

65. “Zélia, uma canção” (1991).

Autores: Alípio Martins e Marcelle. Intérprete: Alípio Martins. Gravadora: Musicolor/Continental. LP: Carnaval do chifre – Alípio Martins e Banda Cabeça Enfeitada.

Coitado do Cabral

Armou, armou

E se deu mal

Mas isso é uma injustiça

Colocar carniça

No ventilador

O homem só queria

Ter a alegria

De fazer amor

A Zélia entregou tudo

E ele ficou mudo

Todo mundo diz

Agora que ironia

A desmordomia

Nunca mais Paris

Agora quem diria

Enquanto o Cabral chora

Chico está feliz

- É lindo o amor, ah, que maravilha!