78.Melô da CPI-v3-cap.-09-m78

78. “Melô da CPI” (1993).

Autores: Caju e Castanha. Intérpretes: Idem. Gravadora: Polydisc. LP: “Solidão de um caminhoneiro”.

E não tem jeito e não tem jeito e não tem jeito não


Quanto mais se faz pacote mais aumenta a inflação


E não tem jeito e não tem jeito e não tem jeito não


Quanto mais se faz pacote mais aumenta a inflação

No governo de Sarney, era a maior confusão


Os pobres passava fome mas tinha seu bom feijão


E no governo de hoje só pode comer pirão

E não tem jeito e não tem jeito e não tem jeito não ...

Nosso povo se cansou desse trem da alegria


O rombo já tá demais, toda noite, todo dia


Pra acabar de lascar é PT e PC Farias

E não tem jeito e não tem jeito e não tem jeito não
...

Inventaram um prano novo quando o Brasil afundou


Da classe média pra cima ainda se segurou


E ficou a classe pobre, foi aonde se lascou

E não tem jeito e não tem jeito e não tem jeito não
...

A coisa já ficou preta, o negócio anda mal


Já tá comendo sardinha quem comia bacalhau


Até papel higiênico foi trocado por jornal

E não tem jeito e não tem jeito e não tem jeito não ...

O homem enganou todo mundo, da criança ao cidadão


E o povo votou nele com fé e bom coração


Depois que ele ganhou, quer acabar com o povão

E não tem jeito e não tem jeito e não tem jeito não ...

Minha gente, o nosso povo está sofrendo calado


Com esse PC Farias, nosso Brasil tá quebrado


Assaltaram os cofres públicos, lascaram os descamisados

E não tem jeito e não tem jeito e não tem jeito não
...

Quem comia caviar já tá no contrafilé


Quem tomava muito whisky já tá entrando é no mé

Quem tinha um carrinho velho já está andando a pé

E não tem jeito e não tem jeito e não tem jeito não
...

Não dá mais pra se viver nesse país varonil


Quem roubava cem cruzeiros agora só quer de mil


No país da impunidade pobre toma é no funil

E não tem jeito e não tem jeito e não tem jeito não
...

Ele está com vergonha, os prano dele é errado


Só inventando pacote, é pacote pra todo lado


Termina o governo dele e o Brasil empacotado

E não tem jeito e não tem jeito e não tem jeito não
...

Acabaram o ministério, fizeram uma confusão


Tira o ruim, bota o bom para ajeitar a nação


Enquanto ele se ajeita, desgraça a situação

E não tem jeito e não tem jeito e não tem jeito não
...

Nós estamos arrochados, igual um pinto no ovo


O desemprego crescendo, não tem trabalho pro povo


E o governo dizendo: “esse é um Brasil novo”

E não tem jeito e não tem jeito e não tem jeito não
...

Enquanto os aposentados, vivem nas filas penando


Recebem uma mixaria, que pra nada está mais dando


Se aposentam com sessenta e eles com quatro anos

E não tem jeito e não tem jeito e não tem jeito não
…

As coisas já ficou preta, nada não se vende mais


As lojas tudo fechando com os pranos que ele faz


Cada pacote de verba e o povo se lasca mais

E não tem jeito e não tem jeito e não tem jeito não
…

Disseram que ele acabava tudo quanto é marajá


O que teve foi aumento em todo lado ele está


E agora a moda nova é dá-lhe, pague e Bagdá

E não tem jeito e não tem jeito e não tem jeito não
…