top of page
Post

24.Baião agrário-v3-anexo-09-m24

Um pedaço de terra

Uma casinha de taipa

É o bastante

Com a enxada na mão

A gente ganha o pão

E vai avante

Essa mão calejada, danada

Que ainda não cansou

Essa pele morena

Que o sol queimou

É a identidade

De um bom cidadão

Que está querendo

Um pedaço de terra

Pra ganhar o pão

Se isso acontecer

Maria vai gostar

A meninada enche o bucho

Para de chorar

Toda semana lá em casa

Vai ter um forró

Quero ver rapaziada

Levantando o pó

A galinha corcoreja

Meu cabrito berra

Meu pedacinho de terra

Vai ser meu xodó



bottom of page