02. Juarez Távora-v1-cap01-anexo 02-m02

2. Juarez Távora (1930), samba. Autor: Júlio Casado e O. Rodarte • Intérprete: Jorge Fernandes • Gravadora: Odeon


Tal e qual Alexandre ou Napoleão

A tua intrepidez

Vai muito além, Juarez,

Do que é capaz o mais forte então

Bravo, de uma bravura de leão,

Deste agora ao Brasil

Exemplo varonil

Do quanto pode a tua abnegação.

Desce inconteste,

Valoroso, audaz

És o libertador

Do peito com todo fervor

Que a liberdade

Aos brasileiros traz

Bravo, de uma bravura de leão,

Deste agora ao Brasil

Exemplo varonil

Do quanto pode a tua abnegação.

A nossa gente, ante tanta coragem

Que mostrastes, Juarez,

Grata, mais uma vez,

Rende orgulhosa aqui tua homenagem.