13. Paraíba-v1-cap02-m13

13. Paraíba (1929), embolada. Autores: Henrique Vogeler, J. Menra e Lamartine Babo • Intérpretes: Almirante, com O Bando de Tangarás • Gravadora: Parlophon


São ao todo 21 filhos, cujo pai é o seu Brasil

Ai, ai, ai, ai

Paraíba, um dos menores, também pega no fuzil

Ai, ai, ai, ai

Bate, bate, se defende com bravura de leão

Paraíba é um caso sério quando tem disposição

Paraíba, assim, vai bem

Vai, vai!

Honra o nome do Brasil

Seu pai!

Paraíba na cabeça tem talento até prá dar

Ai, ai, ai, ai

Tem fosfato de pagode prá vender, pra enfrentar

Ai, ai, ai, ai

Paraíba, assim pequeno, mostrou quanto ele é capaz

É que a alma e o talento no tamanho são iguais

Paraíba, assim, vai bem

Vai, vai!

Honra o nome do Brasil

Seu pai!

Paraíba já é tronco no Partido Liberal

Ai, ai, ai, ai

Tá mostrando a todo mundo que está bem, ele, afinal

Ai, ai, ai, ai

Apesar de ser pequeno, tudo que ele quer, alcança

Vai provar aos brasileiros que faz peso na balança

Paraíba, assim, vai bem

Vai, vai!

Honra o nome do Brasil

Seu pai!