21.Atualidades-v1-cap3-m21

21. “Atualidades” (1934), moda de viola.

Autor: Mandi. Intérpretes: Mandi e Sorocabinha. Gravadora: Odeon.

Houve tanto rebuliço

No território brasileiro

Houve tanta novidade

Que até eu fiquei banzeiro

O fósforo a duzentão,

Selaram tudos isqueiros

Descobriram uma santa

Lá na vila dos Coqueiro

Lá na vila dos Coqueiro

O câmbio desceu a dois,

Não há meio de subir

O estado de São Paulo,

Pois não quer mais progredir

A crise gostô do clima

E veio morar aqui

E a miséria anda passeando

Por todo nosso Brasir,

Por todo nosso Brasir.

O que sustenta o Brasir, ai,

É São Paulo, isto é,

O que sustenta São Paulo

É a lavoura de café

Se o café não tem mais preço,

Nem dado ninguém não quer

É que nós vai caminhando

Numa bruta marcha a ré,

Numa bruta marcha a ré

Ao menos que vortasse

Aquele tempinho bom

Tempinho de Constituinte,

Tempinho de eleição

Quem não tinha nada pra vender,

Nem café nem algodão,

Ia prometer um voto

E recebia cinquentão.

E recebia cinquentão

O povo está descontente,

Tem gente que grita e berra

Põe a culpa no governo,

Nesse ponto o povo erra,

O culpado não é o governo,

Nem a revolução e nem a guerra

É Pedro Álvares Cabral

Que descobriu, ai, essa terra

Descobriu, ai, essa terra.