41.Ajoelhou, tem que rezar ... (Eu prometo)-v3-cap.-09-m41

41. “Ajoelhou, tem que rezar ... (Eu prometo)” (1987)

Autores: Evandro Boia, Naldo do Cavaco e Toninho 70. Intérprete: Carlinhos de Pilares. Gravadora: Top Tape. LP: Sambas de enredo das Escolas de Samba do Grupo 1 – Carnaval de 1987.


Ajoelhou, tem que rezar

Não quero mais viver de ilusão

Você prometeu agora vai ter que pagar

Não vai me deixar na mão

Estou cansado de ser enganado

Papo furado e demagogia

Não vão encher (o quê?)

A minha barriga vazia

Espero da Constituinte

Em minha mesa muito pão

Uma poupança cheia de cruzados

E um carnaval com muita paz no coração

Vou deitar, rolar,

Pular feliz

Essa é a vida

Que eu sempre quis

Vamos, meu povo,

Democracia é participar

Vote, cante, grite

É tempo de mudar

Quem vive de promessa é santo

E eu não sou santo, meu senhor

Seu deputado, eu votei

E agora posso exigir

Quero ver você cumprir

Seu lero-lero, blá, blá, blá

Conversa mole, isso aí

É papo pra boi dormir

Ajoelhou, tem que rezar ...