44.Tributo a Geraldo Vandré-v2-anexo-07-m44

44. “Tributo a Geraldo Vandré” (1979).

Autor: Housemberg Pettersen. Intérprete: Grupo Temucorda. Gravadora: Copacabana. LP: Sangria.

Companheiros de viola Vou cantar em verso e trova De um homem que foi outrora Um grande compositor

Maior foi seu sofrimento Por causa de seu talento Hoje luta contra o tempo Só porque foi cantador

Cantava a liberdade Para toda a humanidade Para que houvesse igualdade Lutava com grande afinco

Ele lançou a semente Se julgava homem decente Sem querer foi Tiradentes Cobaia do AI-5

Foi querer mostrar as dores Pra quem não sabe de flores Foi alvo de delatores Detido como ordinário

Por cantar a liberdade Falando só a verdade Sofreu de atrocidades Como revolucionário

Foi preso e condenado Por ser brasileiro nato Hoje é um grito sufocado Acabaram com Vandré

Ele cantava em coro O sofrimento do povo Hoje vive como um louco Sem saber como e quem é

Mas a gente ainda espera Calado atrás da porta Ver morrer a morte viva Reviver a vida morta Na mente do cantador Nas cordas do violão Nos cantos que ele cantou Que hoje canto o seu refrão

“Vem, vamos embora, que esperar não é saber

Quem sabe faz a hora, não espera acontecer”