top of page
Post

91.Par ou ímpar-v3-cap.-09-m91

Contar pra vocês

Do torturador

Que tem soco inglês

Mudar não mudou

Lá em Xerém,

Vilmar, o paramilitar, bate bem

Numa pelada fuderosa

Onde não tem pra ninguém

Ele só chama adversário

De meu anjo e neném

Mas quando baixa o santo ruim

É pé na cara

E, olha bem,

Lambe o bigode assim PC

Dá de madeira em você

Por tudo que cê disse

E que não disse

No fim, pede uma pizza de alicci

Diz que tá lendo Frederico Nietzsche

Conta que é torturador

Não é nada pessoal

Se convocado outra vez

Volta e me mete o pau, uai!

Aí, eu jogo pinga na língua

Que imita a ginga

Do Nelso da Capitinga

Que xinga

Mas a catinga

Diz que eu me sujei




Comments


bottom of page