top of page
Post

31.E por falar em saudade-v2-anexo-08-m31

Tem bumbum de fora pra chuchu Qualquer dia é todo mundo nu

Oh! Saudade, ô Meu carnaval é você Caprichosamente Vamos reviver, vamos reviver “Saudadeando” o que sumiu no dia-a-dia Na fantasia de um eterno folião O bonde O amolador de facas O leite sem água A gasolina barata Aquela Seleção Nacional E derreteram a taça na maior cara-de-pau Bota, bota, bota fogo nisso A virgindade já levou sumiço (Quero votar!) Diretamente, o povo escolhia o presidente Se comia mais feijão Vovó botava a poupança no colchão Hoje está tudo mudado Tem muita gente no lugar errado Onde andam vocês, ô ô ô Antigos carnavais? Os sambistas imortais Bordados de poesias Velhos tempos que não voltam mais E no progresso da folia Tem bumbum de fora pra chuchu Qualquer dia é todo mundo nu




Commenti


bottom of page