2.O sem trabalho-v1-cap3-m02

2. “O sem trabalho” (1931), paródia.

Autores: música de Hekel Tavares (“Sussuaruna”), paródia de E. Frazão e Nássara. Intérprete: Luís Antônio (Nássara). Gravadora: Parlophon.

Faz três semana cumendo só banana Porque não arranjo a grana Nem ao menos prá almoçá O que eu tô vendo É que se não me defendo Vô acabá me comendo Prá pudê me alimentá Isso é despacho Nunca tive tão por baixo Que se eu não me agacho Vô morrê de inanição Eu me escangalho De pular de galho em galho Seu ministro do trabalho Não me dá colocação

Meu esqueleto Tá pió do que um graveto Eu já tô virando espeto Meus óio tão lá no fundo Num bruto treino De tomá café pequeno Quero vê se me enveneno Prá ir comê lá noutro mundo

Inda outro dia Fui até a galeria Só para vê se mordia O primeiro a aparecê Chegô a hora Eu quiz dizê, é agora Mas Vige Nossa Senhora Cadê jeito prá mordê

Tô cum vontade De deixá essa cidade Onde há tanta maldade Onde há tanto mordedô Mas ando teso E tamanho é o meu peso Que sô capaz de sê preso

Nomeado interventô.