33.Os 18 de Copacabana-v1-cap02-m33

33. Os 18 de Copacabana (1930), hino. Autores: Henrique Vogeler e Horácio Campos • Intérprete: Gastão Formenti • Gravadora: Brunswick


O Brasil, Sul a Norte, se ufana

Desse sangue de efeito exemplar

Os 18 de Copacabana

Derramaram viris a lutar.

Este lance de nobre heroísmo

De pujança eloqüente e viril

Bem atesto o robusto civismo

Desses nossos irmãos do Brasil

Epopéia cintilante

Mas a dor se apodera de nós

Chora a Pátria a saudade incessante

Desse belo punhado de heróis

A Nação enlutada pranteia

Esses bravos com trágica dor

Patriotas de sangue na veia

Brasileiros de excelso valor

Liberdade, na boca esse grito

A oprimida Nação lhes ouviu

Seja sempre por todos bendito

O ideal que na morte os uniu

Epopéia cintilante

Mas a dor se apodera de nós

Chora a Pátria de saudade incessante

Desse belo punhado de heróis.