top of page
Post

102.Pontos cardeais-v2-cap07-m102

Eu quero um terraço

Com telhas de vidro

Na beira de um lago

De águas azuis

E quatro janelas

Abertas pro mundo

Mostrando a mim mesmo

Os pontos cardeais

Eu quero meu rádio

De pilha ligado

No mesmo segundo

Em quatro estações

Sentir o bocejo

Da boca do mundo

Ouvir num segundo

Duzentas canções

Deitar no meu sonho

Sem nenhum remorso

Na beira de um lago

De águas azuis

Não quero esse dedo

No rosto de Pedro

Nem quero pra Paulo

O peso da cruz

São pontos de vista

De dois olhos cegos

E clara evidência

São pontos de luz

Não quero essa boca

Jorrando pra dentro

Palavras e gritos

E berros e luz

E línguas e lábios

E dentes sangrando

No tapa, no berro,

No braço e no murro






Comentarios


bottom of page