02.Quem será o homem-v1-cap05-m02

2. “Quem será o homem” (10/1945), embolada.

Autores: Alvarenga e Chiquinho Salles. Intérpretes: Alvarenga e Ranchinho. Gravadora: Odeon.

Mas quem será o homem?

Mas o homem, quem será?

Será esse que eu penso?

Eu não sei se ‘serará’.

Essa cadeira no Catete é que me espanta

Quando um homem se alevanta

Tem cinquenta pra sentar

Que contratempo

Dessa gente alucinada

Por causa de uma cadeira

Está saindo cadeirada

Mas quem será o homem ...

Uma cadeira está sendo disputada

Está sendo cobiçada

No Catete que será

E quando acaba lá em casa, uma besteira

Fica mais de cem cadeira

E ninguém quer se sentar.

Mas quem será o homem ...

Quem não tiver candidato

Me acredite

Eu vou dar o meu parpite

E pode ser que seja bão

Pra presidente, nas urnas, no primeiro

Vou votar no meu padeiro

Só pra ver se abaixa o pão

Mas quem será o homem ...

É todo dia comício pra lá pra cá

Por causa de uma cadeira todo mundo quer brigar

Mas que bobagem, o melhor é esperar

Até que um dia ele resolva

Da cadeira levantar.

Mas quem será o homem ...