03.Em redor do mundo-v1-cap4-m03

3. “Em redor do mundo” (1938), cateretê.

Autores: Ariovaldo Pires (Capitão Furtado) e Irmãos Laureano. Intérpretes: Idem. Gravadora: Odeon.

- Irmãos Laureano : Ah, se eu pudesse fazer feito mecê, Capitão Furtado, viajá, correr mundo mêrmo !

- Capitão Furtado : Devéra ... quem viajeia é coisa inacreditive ! Eu só queria que ocê visse, Laureano, o que é um dia de inverno no Pólo Sur

- Irmãos Laureano : É frio, capitão?

- Capitão Furtado : Si é ! Imagine...óia, uma vez o inverno apertou tanto no Polo Sur que inté as arvre tremia de frio.

- Irmãos Laureano : ô, ô...

- Capitão Furtado : É ! Eu e meu companheiro se encontremo. Ele me falou umas palavra. Oceis acredita que as fala mar saiu da boca dele, empelotou, virou gelo, e caiu no chão ?

- Irmãos Laureano : E mecê então nem chegou a compreender o que vosso amigo falou?

- Capitão Furtado : Uai, por que não?

- Irmãos Laureano : A fala num virou gelo?

- Capitão Furtado : É ... qué dize ...virô gelo, né ? Daí, eu gachei, catei as pelotinha de fala gelada, pinchei drento da oreia, acendi o isquêro perto do ôvido, esquentô, daí eu comprendi tudo, prefeitamente

- Irmãos Laureano : Ói, num fôsse Capitão Furtado que me contasse essa, francamente ... eu punhava minhas dúvida

- Capitão Furtado : É ... parece sonho ...

- Irmãos Laureano : Por falar em sonho, Laureano, você já contou pro capitão aquele sonho da viagem?

- Não.

- Me dá a viola e vamos contar junto.

- Capitão Furtado : Ué, vocês sonharam o mermo?

- Irmãos Laureano : Nós dorme no mermo quarto.

- Capitão Furtado : Eu vou ajudar então na gaita.

Eu à noite eu tive um sonho

Quando eu lembro pego a rir

Eu entrei num aeroplano

E o bicho pegou a subir

O aviador me disse

Seu moço adonde quer ir?

Pódi rumá prás Oropa

Que eu quero me divertir

Nós peguemos rumo certo

Fumo atravessando o mar

E quando eu me dei de fé

Já estava em Portugar

Eu achei muito engraçado

Na terra do seu Cabrár

Pur causa de uma mulata

Vi dois portugueis brigar

Depois do que eu vi na Espanha

Irmão com irmão de terra

A Itália tava em paz

A Alemanha em pé de guerra

Passei pelos austriacos

................terra.

Vi a coisa meio preta

Foi lá na Ingalaterra

Voei prô Japão e China

..................mão forte

Voei por cima da Rússia

Só vale a pena de morte

Virei prô aviador e disse

Acho melhor que nóis vórte

Quando arrebentá as pipoca

Não garanto a minha sorte

Viemos cá para o Brasil

E numa artura daquela

Eu.........................

E cuspi pela janela

Mas nissu eu acordei

Apanhando de chinela

Minha mulher tava onça

Foi justo na cara dela.