06.Este homem é inocente-v3-anexo-10-m06

6. “Este homem é inocente” (1996).

Autores: Zalém e Zé do Galo. Intérprete: Bezerra da Silva. Gravadora: RGE. CD: Meu samba é duro na queda.

Doutor, este homem é inocente

Procure saber a verdade

Não deixe que o pobre coitado perca a liberdade

O senhor aplica a lei, faz cumprir e condena

A quem de direito merecer

Mas não faça injustiça com quem não tem nada a ver

Nós, discriminados da favela

Sabemos quem é o culpado

Só os poderosos fingem não saber

É uma lei severa pro trabalhador

E outra de colher de chá e de caô-caô

Se liga, doutor

O que o favelado diz não se escreve

Sabemos disso, doutor

Não tente tapar o sol com a peneira

O senhor sabe bem quem é o vapor

Solte o pobre inocente

Prenda o filho do governador

Tá me ouvindo, doutor

É, uma lei severa pro trabalhador

E outra de colher de chá e de caô-caô

Se liga, doutor

Doutor, este homem é inocente

Procure saber a verdade

Não deixe que o pobre coitado perca a liberdade

O senhor aplica a lei, faz cumprir e condena

A quem de direito merecer

Mas não faça injustiça com quem não tem nada a ver

Nós, discriminados da favela

Sabemos quem é o culpado

Só os poderosos fingem não saber

É uma lei severa pro trabalhador

E outra de colher de chá e de caô-caô

Se liga, doutor

O que o favelado diz não se escreve

Sabemos disso, doutor

Não tente tapar o sol com a peneira

O senhor sabe bem quem é o vapor

Solte o pobre inocente

Prenda o filho do governador

Tá me ouvindo, doutor

É, uma lei severa pro trabalhador

E outra de colher de chá e de caô-caô

Se liga, doutor