13.Eu vi-v3-anexo-09-m13

13. “Eu vi” (1988).

Autores: Maurício Pereira e André Abujamra. Intérprete: Os Mulheres Negras. Gravadora: Warner Music. LP: “Música e ciência”.

- Existem mil estórias de carros e racismo e essa é apenas uma delas.

Eu vi! Socorro! Eu vi!

Era um sábado à noite (era um sábado à noite)

Rua Augusta, um Passat (rua Augusta, um Passat)

No Passat dos negros (no Passat dos negros)

Eu vi! Eu vi!

O som rolar de dentro do Passat

E a polícia vem descendo (e a polícia vem descendo)

Camburão mandou o Passat, ele parar

Mão no pescoço, todo mundo fora do Passat

Revistando os negros, parece que eles tavam limpos

E eu vi, eles tavam limpos, eu vi

Um motoqueiro parou bem do meu lado, e ele disse assim:

“É duro ser preto! É duro ser preto!

É duro ser preto! É duro ser preto!”

É duro ser preto

Disse o motoqueiro branco pra mim

É duro ser preto

Disse o motoqueiro branco pra mim

Era um sábado à noite (era um sábado à noite),

Rua Augusta, um Passat (rua Augusta, um Passat),

No Passat dos negros (no Passat dos negros),

Eu vi! Eu vi!

Juro que eu vi! Eu nunca me esqueci!

Era um sábado à noite