14.Trabalhar, eu não-v1-cap05-m14

14. “Trabalhar, eu não” (1946), samba.

Autor: Anibal Alves (Almeidinha). Intérprete: Joel de Almeida. Gravadora: Odeon.

Quem quiser suba o morro Venha apreciar a nossa união Trabalho, não tenho nada De fome não morro, não Trabalhar, eu não, eu não! (bis) Eu trabalhei como um louco Até fiz calo na mão O meu patrão ficou rico E eu, pobre sem tostão Foi por isso que agora Eu mudei de opinião Trabalhar, eu não, eu não! Trabalhar, eu não, eu não!