18.Saudades de Matão-v1-cap05-m18

18. “Saudades de Matão” (1947), paródia.

Autores: música de Jorge Galatti, paródia de Lauro Borges. Intérpretes: Lauro Borges e Castro Barbosa. Gravação em acetato da Rádio Nacional.

Nós antigamente tinha carne

Nós antigamente tinha pão

Antigamente nós tinha tutu,

Carne seca com feijão

(Que era tão bom)

Nós antigamente tinha fio

Nós antigamente tinha fia

Hoje nem fio nem fia

Nós pode porque

Ninguém aguenta tanta carestia

O cachaço subiu,

A manteiga também

A farinha de trigo sumiu outra vez

As bananas hoje em dia

É artigo grã-fino

E o pão, meu Deus do Céu,

Como tá pequenino

Nós antigamente engordava os porcos

Com abóbora d’água, repolho e chuchu

Hoje nós come as comidas dos porcos

Pra não ser comida de aribus

(Lá no Caju)

Nós antigamente não tinha fila

Não faltava nada era tudo tão bom

Hoje tem fila pra tudo

E a maior fila que tem

É a fila dos ladrão.