22.Candidato caô caô-v3-anexo-09-m22

22. “Candidato caô caô” (1988).

Autores: Pedro Butina e Walter Meninão. Intérprete: Bezerra da Silva. Gravadora: RCA Victor. LP: Violência gera violência.

Aí meu irmão, vocês não tomam vergonha

Ainda não aprenderam a votar

Só reparam na pose, malandro?

Ele subiu o morro sem gravata

Dizendo que gostava da raça

Foi lá na tendinha e bebeu cachaça

Até bagulho fumou

Jantou no meu barracão e lá usou

Lata de goiabada como prato

Eu logo percebi, é mais um candidato

Para a próxima eleição

Ele fez questão

De beber água da chuva

Foi lá no terreiro pedir ajuda

Bateu cabeça no gongá

Mas ele não se deu bem

Porque o guia que estava incorporado

Disse esse político é safado

Cuidado na hora de votar

Também disse:

Meu irmão

Se liga no que eu vou lhe dizer

Hoje ele pede seu voto

Amanhã manda a polícia lhe bater

Podes crer