33.61 anos de República-v1-cap05-m33

33. “61 anos de República” (1951), samba-enredo

Autores: Mano Décio e Silas de Oliveira. Intérprete: Abílio Martins. Gravadora: Som Livre (1975). LP: “História das escolas de samba – volume 7”.

Apresentamos a parte mais importante da nossa história

Se não nos falha a memória

Foi aonde grandes homens notáveis

Deixaram suas rúbricas

Através dos 61 anos de República

Depois de sua vitória proclamada

Constituinte votada, foi a mesma promulgada

Apesar do existente forte zum-zum-zum

Em 1891,

Sem causa perca

Era eleito Deodoro da Fonseca

Cujo governo foi bem audaz

Entregou a Floriano Peixoto

E este a Prudente de Moraes

Que, apesar de tudo,

Terminou com a Guerra de Canudos

Restabelecendo enfim a paz

Terminando enfim todos os males

Em seguida veio Campos Sales

Rodrigues Alves, Afonso Pena e Nilo Peçanha

Hermes da Fonseca e outros mais

Hoje a Justiça numa glória opulenta

Desde outubro de 1950

Nos trouxe aquele

Que sempre socorreu a Pátria em horas amargas

O eminente estadista Getúlio Vargas

Eleito com a soberania do povo

Sua vitória imponente e altaneira

Marcará por certo um capítulo novo

Na História da República Brasileira.