42.Carta para o Expedicionário-v1-anexo-04-m42

42. “Carta para o Expedicionário” (1945), toada.

Autores: Palmeira e Piraci. Intérpretes: Capitão Furtado e Piraci. Gravadora: Continental.

Meu filho muito querido, aqui passo a responder

A vossa linda cartinha, da quar não posso esquecer

Quando vi a vossa letra, cheguei inté a tremer

Despois decorei a carta de tanto ler e reler

A Rosinha, vossa noiva, tava doente de sôdade

Rogava à Virgem Maria com tanta sinceridade

Que a santa milagrosa, dela teve piedade

Chegando então vossa carta trazendo a felicidade

Vossa carta despertou interesse no arraiar

Todo mundo quis saber se ocê tava bem ou mar

Inté mesmo um jornalista veio me entrevistar

E seu retrato fardado estamparo no jornar

As crianças lá da vila já formaro um bataião

O fio do Nhô Tonico foi nomeado capitão

Eles marcham tão garboso, cheio de satisfação

Mas porém ninguém quer ser japonês ou alamão

Os vossos amigos Vicente, Juca, Bernardino e Mário

Também já se apresentaram no corpo expedicionário

Não vi nenhum dos parentes se manifestar contrário

Os pais têm é muito orgulho de ter filho voluntário

Vou terminar a cartinha pedindo a Nosso Senhor

Que escute as minhas preces feitas com tanto fervor

Pra que a guerra logo acabe, que em lugar de ódio e dor

Vorte essa bença divina, que é a paz e o amor”.