60.Legado de Getúlio Vargas-v1-cap05-m60

60. “Legado de Getúlio Vargas” (1968), samba.

Autores: Silas de Oliveira e Walter Rosa. Intérprete: Walter Rosa. Álbum da Abril Cultural (1977).

Entristecido Pelo rude golpe que sofreu O povo brasileiro Presta sua homenagem comovido Ao grande patriota que morreu Getúlio Vargas Que relembramos com amor Sua voz meiga nunca mais se ouviu Falando ao povo sofredor

‘Trabalhadores do Brasil’

Foi em 1930  À frente da revolução Getúlio Vargas assumiu A presidência do Brasil Era um tempo novo que se abria E o desenvolvimento industrial As leis trabalhistas ele cria E a previdência social Eram tempos de conquistas E de grande agitação pelo poder De 32 a 37 aquele estadista Reprimiu os comunistas e integralistas Mas não há quem esconda Seu valor de idealista Basta falar em Volta Redonda Basta falar na Petrobras Símbolos vivos dos anseios nacionais Em 45 Getúlio Vargas foi deposto Por um golpe militar Para voltar em 51 ao mesmo posto Nos braços do povo Eleito pelo voto popular, oba

Na última etapa de seu governo Getúlio enfrentou o inferno E a incompreensão Sob a fúria assassina Das aves de rapina Que queriam o ouro e o sangue  Da nação Ofendido e humilhado Pelo próprio povo abandonado Getúlio já na solidão Coberto de calúnias e de glórias Meteu uma bala no coração Saiu da vida para entrar na História E daquela carta derradeira O povo fez sua bandeira Na luta pela emancipação Onde ele afirma muito bem O povo de quem fui escravo Jamais será escravo de ninguém.