64.Back in Bahia-v2-cap07-m64

64. “Back in Bahia” (1972).

Autor: Gilberto Gil. Intérprete: idem. Gravadora: Philips. LP: Expresso 2222

Lá em Londres, vez em quando me sentia longe daqui


Vez em quando, quando me sentia longe, dava por mim


Puxando o cabelo, nervoso, querendo ouvir Celly Campelo pra não cair

Naquela fossa em que vi um camarada
meu de Portobello cair


Naquela falta de juízo que eu não
tinha nem uma razão pra curtir


Naquela ausência de calor, de cor, de sal,
de sol, de coração pra sentir


Tanta saudade preservada num velho baú de prata dentro de mim


Digo num baú de prata porque prata é a luz do luar


Do luar que tanta falta me fazia junto do mar


Mar da Bahia cujo verde vez em quando me fazia bem relembrar


Tão diferente do verde também tão lindo dos gramados campos de lá


Ilha do Norte, onde não sei se por sorte ou por castigo dei de parar


Por algum tempo que afinal passou depressa, como tudo tem de passar


Hoje eu me sinto como se ter ido fosse necessário para voltar


Tanto mais vivo de vida mais vivida, dividida pra lá e pra cá